7 de janeiro de 2010

"Está preso na minha garganta"
"Eu tiro", ele disse.
Outro caso...
"Está preso na minha garganta"
"Te levo no hospital"

2 comentários:

Flávia Diniz. disse...

Olá, querida

Estou te seguindo...


Beeijos.

Costureira de estrelas. disse...

Oiii =)
Que bom que gosta do meu canto...
É cuidado com carinho!!!
Beijos :*